Como aprimorar a usabilidade do e-Learning

Duas dicas essenciais para estruturar seus conteúdos de maneira mais acessível

Facilitar a vida do colaborador deve ser uma das prioridades do profissional de treinamento e desenvolvimento. Dessa forma, sua atenção também precisa estar voltada para a criação de um material “user friendly”, simples e prático para ser acessado, mas ao mesmo tempo interessante e motivador.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Microlearning: como criar cursos curtos, porém efetivos – parte 2

Estratégias para desenvolver um microlearning de valor para os colaboradores

No post anterior, citamos três práticas que ajudarão a transformar seu “curso mais ou menos” em um microlearning impactante e efetivo – organização por storyboard, redução de texto e transmissão de conhecimento na medida certa. Hoje, temos três novas dicas. Confira!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Microlearning: como criar cursos curtos, porém efetivos

Estratégias para desenvolver um microlearning de valor para os colaboradores

Mesmo com as organizações adotando cada vez mais o microlearning, ainda há pessoas com dúvidas sobre a efetividade das pílulas de conhecimento.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

4 razões para usar infográficos

O infográfico demonstra o conteúdo facilitando a leitura com a apresentação de uma perspectiva global

Uma das soluções mais pedidas pelos clientes da MicroPower, o infográfico é composto por desenhos, esquemas, gráficos e ícones que sintetizam uma informação. Em posts anteriores, destacamos o passo a passo para a criação dessa solução e quando usá-la (se você deseja saber um pouco mais sobre o recurso, vale a pena dar uma lida). Hoje, nosso post traz quatro razões para que você passe a adotar de vez o infográfico em seus treinamentos. Tome nota e mãos à obra!



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Como o e-Learning pode ajudar a construir poderosas comunidades de aprendizado

Indivíduos de comunidades de aprendizado compartilham valores e não há uma maneira melhor para promover o aprendizado em uma organização do que trabalhar o fortalecimento dessas comunidades

As comunidades do aprendizado ou conhecimento funcionam como uma rede voltada à alta performance das organizações. Conforme destacamos no post Comunidades do Aprendizado, elas proporcionam o intercâmbio de informações e ajudam no processo de retenção de conhecimento e aplicação efetiva no negócio, pois viabilizam a comunicação entre as pessoas, ou seja, a troca de ideias, conceitos e conhecimentos em tempo real.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Aprendizado: quando usar infográficos?

Comparar dados, detalhar a evolução de um processo, explicar conteúdo técnico: confira as diferentes aplicações do infográfico

O infográfico é a produção de uma identidade visual personalizada, composta por desenhos, esquemas, gráficos, imagens e ícones que sintetizam uma informação em uma representação visual estática, animada e/ou interativa, tornando a compreensão do assunto mais clara, direta e atraente à audiência, facilitando a leitura com a apresentação de uma visão global.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Aprimore a experiência de aprendizado em sua organização

As ações de melhoria devem ter como foco necessidades e interesses do público-alvo e do negócio

Sempre mencionamos a importância do conteúdo em treinamentos. Já até fizemos um post dedicado ao tema – “Crie o melhor conteúdo para seus treinamentos”. Mas quando falamos em conteúdo, não estamos apenas nos referindo à informação, ao dado. Estamos falando também da experiência a ser transmitida aos participantes dos cursos por meio de textos, design, recursos audiovisuais, entre outras ferramentas.



Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Tendências: conteúdo para o LMS moderno

O conteúdo é um dos elementos determinantes para o sucesso de um treinamento 

Desde 1997, quando o termo e-Learning surgiu a partir de uma pesquisa de Elliott Masie, o aprendizado eletrônico evoluiu de forma muito rápida e multiplicadora, passando do autoe-Learning para o e-Learning presencial, aprendizado híbrido, aprendizado da web 2.0, aprendizado social (redes sociais, comunidades e mundos virtuais), móvel (e-Books, aplicativos e microblogs) até chegar ao Blended (híbrido) – combinação entre diferentes modalidades de aprendizagem e, claro, tecnologias. 

Mas como andam os conteúdos do e-Learning após 18 anos? O que está sendo feito pelo mercado no que diz respeito a conteúdo para LMS? Acompanhe duas tendências fortes que foram confirmadas em 2015 e que prevalecerão em 2016!




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter

Social learning: estimule a troca de conhecimento

A aprendizagem social já está acontecendo em todos os níveis de sua organização, por isso, não perca tempo e dê suporte para que o compartilhamento do conhecimento

Já está mais do que provado que o aprendizado não acontece apenas dentro da sala de aula, mas também durante as atividades rotineiras e práticas, em contatos virtuais ou até durante a pausa para o cafezinho. 

Ideias brilhantes podem ficar ainda melhores quando uma segunda, uma terceira ou uma quarta mente criativa unem-se para trabalhar em parceria. Nós gostamos de compartilhar conhecimentos e experiências. Prova disso é a popularidade das mídias sociais. Estamos interessados em compartilhar tudo aquilo que fazemos/sabemos e também em aprender/conhecer o que é diferente e vem do outro. 




Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Google+ Twitter